Motor: 4 dicas que ajudam a aumentar a potência

Todo mundo sabe que não dá para transformar um carro 1.0 em uma super máquina, porém, existem algumas mudanças de hábitos e investimentos que podem ser feitos para deixar o veículo mais potente.

Existem opções para todos os bolsos, tudo vai depender do quanto você quer gastar e do número de cavalos que quer conseguir. Confira a seguir 4 dicas que ajudam a aumentar a potência do motor do seu carro: 1- Abastecer com etanol O etanol proporciona um ganho de 5 a 7 cavalos e é a maneira mais simples e barata de conseguir um pouquinho mais de potência em veículos flex.

Como o etanol tem uma resistência menor à compressão, o motor tem mais facilidade para girar, consequentemente entrega mais potência quando se pisa no acelerador. Mas, apesar de ser o combustível que menos agride o meio ambiente, ele possui uma desvantagem, seu consumo é 30% maior comparado à gasolina. Sendo assim, só vale a pena usá-lo se o preço estiver 30% mais barato. 2- Aumentar as entradas de ar O ar que vem de fora do motor quando se mistura com o combustível gera a queima que faz o motor à combustão interna funcionar. Sendo assim, quanto mais ar entrar no motor, melhor será a queima e mais potência o carro terá.

Instalar um kit de admissão direta é uma das formas de aumentar as entradas de ar e consequentemente a potência. O ganho pode ser de até 15 cavalos e a instalação deve ser feita por profissionais especializados para evitar danos ao veículo. Outra possibilidade são os filtros de ar esportivos, eles otimizam o fluxo de ar e você também ganha alguns cavalos a mais para o seu carro. 3- Mudar o escapamento Muitas pessoas podem achar que o escapamento é somente um tubo que altera o ronco do motor, mas estão equivocadas, além de ser o responsável por eliminar os gases que se formam no motor em consequência da queima de combustível, ele também tem um papel significativo no desempenho de um motor.

O escapamento esportivo torna esse processo de eliminação dos gases mais ágil, pois com mais espaço o ar se renova e entra mais rapidamente no motor, melhorando o aproveitamento de potência do carro e ganhando de 3 a 5 cavalos. 4- Reprogramar a central eletrônica (ECU) Responsável por comandar a entrada do combustível que será queimado na parte interna do motor, a central eletrônica é o componente mais importante do sistema de injeção eletrônica dos carros.

Fazer a reprogramação da ECU permite uma entrada maior de combustível em determinadas rotações. O ganho de potência varia entre 15% a 65%, tudo depende do modelo do veículo. Quando não é possível reprogramar a ECU via software, pode-se instalar os chamados “chips de potência”, um componente interno que vai sobrescrever os códigos da ECU. Essa opção também é indicada para preparações mais radicais. Gostou do post? Então siga as nossas redes sociais, lá postamos semanalmente os serviços realizados por nossos profissionais!


POST EM DESTAQUE
POSTS RECENTES
  • Potenchip - Facebook
  • Instagram - White Circle
  • Potenchip - Blog
  • Potenchip Youtube

Potenchip - 15 anos