Rodas de fibra de carbono: Mais eficiência para os esportivos

Com uma durabilidade maior e mais leveza, elas auxiliam na melhoria de desempenho dos esportivos. Confira!

As montadoras estão constantemente elaborando pesquisas com materiais que consigam aprimorar a eficiência e o desempenho de seus modelos esportivos. O uso de rodas de fibra de carbono no lugar das populares rodas de liga leve é um dos resultados mais recentes desses estudos. A fibra de carbono é um material sintético, produzido com filamentos feitos, evidentemente, de carbono. Também são usadas outras substâncias em sua composição para unir e sustentar essas fibras. Durabilidade e leveza são os principais benefícios da fibra de carbono. Para se ter ideia, uma roda de alumínio pesa aproximadamente 15kg, enquanto uma desse material pesa 8kg. São 28kg a menos no peso final do automóvel, melhorando a aceleração, frenagem e gasto de combustível. Além de precisar de menos força para deslocá-lo por ser um veículo mais leve, ocorre ainda um desgaste menor de algumas peças, como as da suspensão. A propósito, a Ford realizou um teste de impacto em alta velocidade contra um meio-fio e a suspensão reagiu tão bem que o perito repetiu a prova achando que não tinha executado corretamente. Tempo de duração Foram realizados testes onde o material era submetido à exposição de raios ultravioleta, substâncias químicas, como sais com alta capacidade de corrosão e calor intenso. O resultado foi muito positivo, ele se revelou resistente de tal maneira que as rodas podem atingir temperaturas acima de 900°C em frenagens fortes. O que colaborou para isso ser possível foi o revestimento de material cerâmico resistente ao calor, que é semelhante ao usado nas lâminas das turbinas de ônibus espaciais. O composto é derretido e inserido com uma pistola em pontos cruciais. O objetivo é possibilitar a utilização constante e extrema do automóvel com segurança. No entanto, tanta tecnologia tem seu preço e nesse caso, é bem alto. Um conjunto com quatro rodas para um Porsche 911, por exemplo, custa aproximadamente US$15 mil nos Estados Unidos. Isto é, convertendo de forma direta para o Real, sem calcular os impostos, cerca de R$60 mil. O carro sueco Koenigsegg One:1 foi o primeiro a disponibilizar o recurso como item opcional. E em 2015, a Ford colocou as rodas como item de série do Mustang Shelby GT350R. Desde então, a proposta desse item no Mustang vem abrindo caminho para que sua presença seja expandida para outros modelos. Experimente ler também: Como prolongar a vida útil dos pneus?

#rodasdefibradecarbono #eficiência #esportivos #durabilidade #melhoriadedesempenho #montadoras #materialsintético #carbono #Durabilidade #melhorandoaaceleração #suspensão #desgastemenor #resistente

POST EM DESTAQUE
POSTS RECENTES
  • Potenchip - Facebook
  • Instagram - White Circle
  • Potenchip - Blog
  • Potenchip Youtube

Potenchip - 15 anos