Rosca, fixa ou ar? Qual suspensão escolher?

Não é de hoje que os carros modificados fazem sucesso no Brasil. Estilizar, colocar rodas especiais e rebaixar são alguns dos serviços mais realizados. Mas afinal, na hora de rebaixar, você sabe qual suspensão escolher? Se ainda tem dúvidas, fique atento às nossas dicas.

Confira agora as diferenças, vantagens e desvantagens das suspensões a ar, rosca e fixa. Tipos de suspensão: Suspensão fixa Na suspensão fixa, como o próprio nome já diz, o veículo é rebaixado a uma altura fixa com 4 amortecedores e 4 molas preparadas e não tem opção de regulagem. É ideal para veículos de alta performance pois proporciona mais segurança nas curvas. Um exemplo são os veículos de competição, que em muitos casos possuem suspensões fixas produzidas especialmente para eles e para certas condições. No entanto, a maioria dos veículos urbanos que são rebaixados a usam. Suspensão a ar A suspensão a ar é formada por válvulas solenoides, compressores de ar, amortecedores reduzidos, bolsas, cilindro de ar, manômetros, mangueiras e controle remoto. A regulagem de altura é feita de forma simples, fácil e rápida por meio de um controle remoto e os passageiros não precisam sair do veículo. Suspensão de rosca Na suspensão de rosca a regulagem é feita manualmente através de um sistema similar a uma porca e um parafuso que movimenta a mola para cima e para baixo.

Mas atenção, este tipo de suspensão requer mais cuidado, pois a regulagem é feita individualmente em cada um dos amortecedores e se não for feita de maneira correta o veículo pode ficar com um lado mais baixo que o outro. Qual escolher? Sendo de qualidade, as três opções são boas. No entanto, tudo depende de como serão usadas e de quanto você quer gastar.

Por exemplo, a suspensão fixa deixa o carro mais duro e firme, o que requer um pouco mais de cuidado, pois lombadas e buracos podem danificar as buchas e balanças, fazendo com que você tenha mais gastos. Esse tipo de suspensão é feita sob encomenda, o que faz com que elas sejam mais caras do que as originais, portanto, vale ter mais cuidado para não ficar no prejuízo.

Já as suspensões a ar e de rosca por possuírem regulagem de altura deixam o veículo mais confortável. O que é uma grande vantagem, pois as estradas brasileiras não muito boas para carros rebaixados, por esse motivo, ter a opção de regular a altura conforme o tipo de estrada é ótimo.

A suspensão a ar conquista pela facilidade de poder regulá-la através de um controle remoto. Porém, para ter esse conforto é preciso pagar mais caro, então se a sua finalidade é utilizar o veículo para competições, o mais correto é escolher entre a fixa ou de rosca.

Assim como a ar, a suspensão de rosca também tem a opção de regulagem de altura, o que é ótimo tanto para veículos urbanos quanto para os de competição. Porém, ela dá um pouco mais de trabalho, já que é necessário erguer o carro para regular altura de cada amortecedor individualmente. Também é fundamental cuidar para que todas as roscas fiquem da mesma altura e o veículo não fique torto. Gostou das dicas? Quais outros assuntos você gostaria de ver por aqui? Conta pra gente aqui nos comentários!


POST EM DESTAQUE
POSTS RECENTES
  • Potenchip - Facebook
  • Instagram - White Circle
  • Potenchip - Blog
  • Potenchip Youtube

Potenchip - 15 anos